Exército de Salvação atua nos Jogos Olímpicos de Vancouver

jogos 2Mais de 2000 voluntários do Exército de Salvação e do programa Mais do que Ouro estão promovendo diversas ações durante os Jogos Olímpicos de Vancouver. Já foram distribuídos cerca de 300.000 copos de chocolate quente e café para os funcionários e voluntários em trânsito e os visitantes e turistas que aguardam nas filas para assistirem às modalidades esportivas.

Acreditando que todo mundo tem o direito de se divertir com as Olimpíadas de inverno, o Exército de Salvação também tem promovido um número de eventos e celebrações olímpicas emocionantes para a população mais carente da cidade.

Outra iniciativa para esse público é a distribuição de kits contendo mantas, meias, luvas, lenços e produtos de higiene. O Exército pretende entregar aproximadamente 2.600 kits às pessoas abrigadas nos seus centros sociais.

Campanha contra o tráfico humano durante o Carnaval

carnaval
Campanha Contra o Tráfico Humano 2010 - Exército de Salvação

Um grupo de mais de 30 voluntários do Exército de Salvação entrou no ritmo do Carnaval e promoveu uma campanha de conscientização e prevenção ao tráfico humano.
A ação aconteceu em pontos estratégicos das cidades de Niterói (região central, praia de Icaraí e em meio aos blocos de rua) e no Rio de Janeiro, como nos arredores da Marques de Sapucaí e na praia de Copacabana.
Os voluntários participaram de treinamentos sobre a questão do tráfico humano, discutiram conceitos de justiça e ouviram o que o Exército de Salvação está fazendo para aliviar o sofrimento em todo o mundo.
Ao partirem para a prática, utilizaram uma camiseta com os dizeres “Enquanto você sorri…” (frente), “Muita gente está chorando’’ (atrás), conversaram com as pessoas e distribuíram folhetos contendo estatísticas sobre o tráfico e telefones para denúncia.
A ação aconteceu na mesma semana em que o Governo Federal lançou a 5ª edição da Campanha Nacional de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Exército de Salvação já distribuiu mais de um milhão de refeições

haiti_meals_2 por SalvationArmy.ca19970_263203116439_522631439_4012250_7097358_n por SalvationArmy.ca

O Exército de Salvação já distribuiu mais de um milhão de refeições, centenas de tendas, itens para bebês e suprimentos médicos em resposta ao terremoto do Haiti.

As cestas básicas entregues à população alimentam durante uma semana, uma família de cinco pessoas. A assistência médica continua com um time de 14 pessoas, incluindo oito médicos que atendem mais de 200 pessoas a cada dia. Procedimentos cirúrgicos complexos são realizados com pouca infra-estrutura.

O Exército de Salvação tem reiniciado aulas para crianças de três a seis anos de idade num local provisório. O principal foco da instituição é dar apoio a 20.000 pessoas acampadas num campo de futebol em Porto Príncipe.

Até o momento, o Exército de Salvação no Canadá, por exemplo, tem arrecadado $ 4.4 milhões no apoio aos esforços contínuos de servir às vítimas do Haiti. Mais de $ 200.000 tem sido arrecadado através das doações via mensagem de texto.

O Brasil também mantém uma conta disponível para os brasileiros que queiram auxiliar o trabalho do Exército de Salvação no Haiti:

Banco Itaú / Agência: 1000 / C.C: 62.233-0

Relato em primeira mão sobre a distribuição de alimentos no Haiti

salvationarmy_haiti_food

Leia a seguir o relato da Major Kelly Ponster, uma das responsáveis pelo trabalho do Exército de Salvação de assistência às vítimas do terremoto no Haiti.

“A fome e o cansaço eram evidentes nos rostos daqueles passando pela fila de distribuição de alimentos. No dia 1 de fevereiro, um comboio de veículos trouxe ao local 40 membros Em 1 de fevereiro, no momento em 2 locais, um comboio de caminhões carregados de comida. O Exército de Salvação rapidamente assumiu o controle e dentro de minutos as portas dos caminhões foram abertas e comida começou a ser distribuída. Dezenas de militantes do Exército de Salvação e voluntários foram ao local para a entrega dessa quarta leva de distribuição de alimentos na região. Para eles, tratava-se de serviço. Para desabrigados a questão era a sobrevivência.

Milhares de famílias se enfileiraram nas estradas empoeiradas aguardando um carimbo nos cartões de entrega de alimentos. À medida que a fila avançava, as pessoas recebiam suas cestas básicas, suficientes para alimentar uma família de cinco integrantes durante uma semana. Cerca de 552.000 alimentos foram distribuídos em menos de quatro horas.

A vida ao redor do acampamento do Exército de Salvação continua difícil. O saneamento básico é uma preocupação constante e a resposta emergencial prossegue a cada dia. Seria fácil pensar que não há sinais de esperança em meio às ruínas do bairro. No entanto, naquele dia pequenos gestos fizeram a diferença. Um grupo de três jovens voluntários, fazendo seu melhor para manter a fila de distribuição de alimentos andando, avistou uma mulher idosa que parecia estar um pouco em dúvida quanto ao processo. Eles se afastaram da fila e se achegaram a ela, tempo suficiente para ajudá-la a fechar sua caixa e colocar a comida em cima de sua cabeça para poder transportá-la de volta ao acampamento. Isso levou apenas dez segundos, mas fez a diferença. Em meio ao caos e desespero ainda há lugar para o respeito.’’