Campanha Compra Solidária em parceria com o Carrefour finaliza com centenas de famílias beneficiadas

O Exército de Salvação, em parceria com o Carrefour foi uma das instuições apoiadas durante a pandemia na Campanha Compra Solidária, onde os clientes dos supermercados Carrefour podiam contribuir com um valor a ser doado. A ação aconteceu durantes os meses de Abril a Setembro de 2020.

Entrega de Cartões em Curitiba – PR

Durante a pandemia grandes mudanças têm ocorrido, e infelizmente uma das consequência foi o desemprego em grande escala, sem previsão de novas oportunidades de trabalho. Mesmo em meio à incertezas, vemos ações solidárias movidas por pessoas e empresas que acreditam que um ato pode fazer a diferença!

Unidades do Exército de Salvação em Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), João Pessoa (PB), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Boa Vista (RR) e Natal (RN) foram contempladas com o apoio da empresa a fim de apoiar famílias cadastradas nas comunidades em que estão inseridas.

Além da quantia arrecadada com os clientes, o Carrefour doou o dobro do valor. O Resultado foi distribuído como saldo em Ticket Alimentação que poderia ser utilizado pelos beneficiários em mercados locais. Cada cartão continha o valor de R$ 100,00. As unidades obtiveram o apoio por três meses, trabalhando com o cadastro das famílias e distribuições.

Confira o filme sobre a ação:

Filme Carrefour – Movimento Solidário – Outubro/2020

O Exército de Salvação e as famílias beneficiadas agradecem ao Carrefour pelo apoio ofereceido neste período difícil. São diversas histórias de vida que serão marcadas com esta atitude solidária.

Agradecemos aos clientes que colaboraram em valor, e aos Oficiais Dirigentes e Voluntários que estiveram na linha de frente das distribuições e cadastros disponibilizando de tempo e atenção para prestar atendimento em prol da sua comunidade.

Exército de Salvação atua em apoio a Venezuelanos em Roraima

A crise migratória na Venezuela tem levado milhares de pessoas a deixarem o seu país em busca de abrigo, alimentação e segurança em outros países, como a Colômbia e o Brasil.

Muitos venezuelanos se deslocam centenas de quilômetros e entram no Brasil através do estado de Roraima, no extremo norte do país. Segundo a ONU, mais de 2,3 milhões de venezuelanos já deixaram sua terra natal em direção a vários países.

O Exército de Salvação enviou para Boa Vista, capital do Estado de Roraima, representantes que estão trabalhando na conscientização da população imigrante com foco na prevenção do tráfico humano, uma ameaça real para os refugiados venezuelanos.

Além disso mulheres refugiadas venezuelanas estão aprendendo noções da legislação brasileira e direitos civis, enquanto crianças e jovens estão sendo capacitados em como lidar com situações difíceis, como violência e abuso sexual.

No lado Venezuelano, o Exército de Salvação Internacional iniciou um projeto ao norte de Maracaibo com o objetivo de fornecer alimentação gratuita diariamente para centenas de pessoas, além do fornecimento de fraldas e roupas para mães e gestantes.

O Exército de Salvação na Argentina também tem preparado uma ação conjunta em Buenos Aires para o recebimento de imigrantes venezuelanos que buscam refúgio naquele país.

A sede do Exército de Salvação em Londres (Reino Unido) convocou um Dia Mundial de Oração pelas vítimas do tráfico humano, a ser realizado no dia 23 de Setembro de 2018.

 

Mais informações: https://www.salvationarmy.org/ihq/antitrafficking