Exército de Salvação atua em países africanos atingidos pelo ciclone IDAI

Com ventos de 200 km/h o ciclone Idai atingiu os países de Moçambique, Malaui e Zimbábue causando grande destruição. Só em Moçambique são registrados mais de 1,7 milhão de pessoas atingidas e quase 1.000 mortes. O Exército de Salvação, está trabalhando em cada um desses países dando assistência às vítimas do desastre.

  • Em Moçambique, o Exército de Salvação, trabalhando em parceria com a Cruz Vermelha e outras organizações, está fornecendo pacotes de alimentos, incluindo milho, arroz, óleo de cozinha e feijão, para 500 das famílias mais severamente afetadas. Isto garantirá que duas refeições nutritivas por dia sejam fornecidas por pelo menos 21 dias, protegendo contra a desnutrição e garantindo que as crianças possam frequentar a escola.
  • No Zimbábue, onde foi declarado estado de emergência, o Exército de Salvação está trabalhando com o governo e outras organizações para prestar assistência em áreas atingidas no sul e no leste. O objetivo inicial é fornecer abrigo, suprimentos de alimentos e outros itens essenciais, a pelo menos 167 vítimas.
  • No Malaui, as equipes do Exército de Salvação iniciaram o trabalhando avaliando as principais necessidades. Quase um milhão de pessoas foram afetadas de acordo com estimativas do governo, com 56 mortes e 577 feridos registrados. Acredita-se que mais de 82.700 pessoas estejam desabrigadas.


“Considerando as dificuldades enfrentadas, estamos gratos que nossas equipes estão presentes, respondendo efetivamente para trazer alívio àqueles que sofrem como resultado deste desastre.”

Major Chris Mulryne – Equipe de Serviço de Emergência – Base Internacional do Exército de Salvação. Londres – Inglaterra

Para contribuir acesse o link do site internacional:
https://secure20.salvationarmy.org/donation.jsp

Fontes:
https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2019-03-19/ciclone-idai-mil-mortos.html
https://www.salvationarmy.org/ihq/news/inr200319

Exército de Salvação atua em apoio a Venezuelanos em Roraima

A crise migratória na Venezuela tem levado milhares de pessoas a deixarem o seu país em busca de abrigo, alimentação e segurança em outros países, como a Colômbia e o Brasil.

Muitos venezuelanos se deslocam centenas de quilômetros e entram no Brasil através do estado de Roraima, no extremo norte do país. Segundo a ONU, mais de 2,3 milhões de venezuelanos já deixaram sua terra natal em direção a vários países.

O Exército de Salvação enviou para Boa Vista, capital do Estado de Roraima, representantes que estão trabalhando na conscientização da população imigrante com foco na prevenção do tráfico humano, uma ameaça real para os refugiados venezuelanos.

Além disso mulheres refugiadas venezuelanas estão aprendendo noções da legislação brasileira e direitos civis, enquanto crianças e jovens estão sendo capacitados em como lidar com situações difíceis, como violência e abuso sexual.

No lado Venezuelano, o Exército de Salvação Internacional iniciou um projeto ao norte de Maracaibo com o objetivo de fornecer alimentação gratuita diariamente para centenas de pessoas, além do fornecimento de fraldas e roupas para mães e gestantes.

O Exército de Salvação na Argentina também tem preparado uma ação conjunta em Buenos Aires para o recebimento de imigrantes venezuelanos que buscam refúgio naquele país.

A sede do Exército de Salvação em Londres (Reino Unido) convocou um Dia Mundial de Oração pelas vítimas do tráfico humano, a ser realizado no dia 23 de Setembro de 2018.

 

Mais informações: https://www.salvationarmy.org/ihq/antitrafficking

 

Em Obras! Primeira etapa do projeto grandioso de Strawberry Field iniciou essa semana.

Foto retirada do site oficial Strawberry Fields Liverpool

A demolição e implantação do projeto do Exército de Salvação no icônico “Strawberry Field” tiveram início essa semana. Residentes dos entornos, interessados e patrocinadores do projeto puderam pela primeira vez depois de muito tempo, adentrar o local, famoso por seu portão vermelho.

Os prédios que o local abrigava foram construídos em 1970, depois de um grande incêndio que levou à demolição do casarão Vitoriano. Estão sendo demolidos sob a perspectiva do Exército de Salvação Internacional, afim de criar um centro de treinamento e capacitação para jovens com dificuldades de aprendizado e também um espaço onde fãs poderão descobrir a relação íntima de John Lennon com o local e também a busca pela espiritualidade e contato interior.

O Major Drew McCombe, Líder da Divisional da Asa Norte do território britânico reforçou a importância do Strawberry Field: “Queremos proporcionar aos moradores locais, os quais sempre se mostraram grande entusiastas e apoiadores um espaço que permita a exploração interior. Temos ciência de sua importância e sabemos que poucas pessoas conseguiram adentrar além dos portões vermelhos. Em consonância com isso, é parte de nossa missão como Exército de Salvação estar presente onde há necessidade e como Strawberry Field sofreu modificações ao longo do tempo, ter feito parte de seu legado e continuar a fazer é motivo de grande orgulho. Queremos oferecer o projeto não somente para fãs dos meninos de Liverpool (The Beatles) mas também transformá-lo e reinaugurá-lo para desenvolver potenciais humanos na Asa Norte.”

Doado ao Exército de Salvação o Strawberry Field funcionou como lar para crianças em situações de extrema vulnerabilidade, entre os anos de 1936 até 2005 quando encerrou suas atividades. Diz-se que o lugar inspirou a canção “Strawberry Fields Forever”, uma das músicas de maior sucesso dos Beatles. Enquanto criança, residente bem próximo do lar, Lennon costumava brincar em seus gramados com as crianças que lá viviam. Também costumava frequentar as festas de verão e escutar à banda do Exército de Salvação. Lennon manteve seu suporte ao Exército de Salvação durante sua vida toda, com interesse particular no Strawberry Field.

 

Em novembro de 2017 uma Campanha foi lançada para arrecadar fundos para o projeto. Para saber mais sobre o projeto e sua proposta no site oficial clique aqui.

Copa Mundial de Moradores de Rua

Começou no dia 29 de Agosto a Copa Mundial de Moradores de rua (Homeless World Foundation Cup) em Oslo, na Noruega. Com mais de 500 atletas, entre homens e mulheres representando cerca de 50 países. Oficiais internacionais do Exército de Salvação, incluindo o Brasil uniram forças para apoiar e auxiliar os times visitantes.

Visando uma das iniciativas parceiras ao redor do mundo com um ponto em comum,  o torneio utiliza o poder do futebol para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade e dependência de drogas, estimulando a percepção do público em relação aos problemas relacionados aos sem-tetos.

A cerimônia de abertura contou com a participação da princesa norueguesa, Mette-Marit, que assistirá algumas partidas acompanhada do ministro da Saúde, do prefeito de Oslo e dos ursos polares, os mascotes da Copa.

Na tarde do dia 29, houve uma partida masculina entre Noruega x Brasil, com os brasileiros saindo vitoriosos do jogo.

As finais serão disputadas no dia 05 de Setembro. Todas as partidas são transmitidas ao vivo através do site homelessworldcup.org

Imagens do site salvation army.org
Imagens do site salvationarmy.org

Mascotes da Copa
Mascotes da Copa

Oficiais do Exército de Salvação norueguês
Oficiais do Exército de Salvação norueguês

Alguns atletas de diversas seleções
Alguns atletas de diversas seleções

Partida feminina de futebol
Partida feminina de futebol

De volta à Strawberry Fields!

Portões de Strawberry Fields

A história

Strawberry Field tem um lugar importante na história de Liverpool. Doado ao Exército de Salvação, sua residência em estilo Vitoriano foi um lar para crianças em situações de extrema vulnerabilidade da cidade e funcionou de 1936 até seu fechamento em 2005.

Foi durante esse período que John Lennon costumava brincar sem seus parques e visitar anualmente a festa de verão. Daí nasceu a inspiração para a famosa canção “Strawberry Fields Forever” . Quase 50 anos após o lançamento da música, o Exército de Salvação pretende abrir novamente as portas em um projeto segmentado.

Os jardins e a Relação com John Lennon

Próximo ao local onde John Lennon cresceu e teve uma infância conturbada, os terrenos de Strawberry Fields representaram uma fuga de paz e refúgio onde podia escalar árvores e brincar com seus amigos. Diz-se que o lugar inspirou o próprio a se tornar um cantor e na música homônica, John associa o lugar e a infância vivada por ele a um “lugar mágico criado para representar um estado da mente”

 

John Lennon

Strawberry Field
Lar em Strawberry Fields antigo

 

 

 

 

Cenas dos próximos Capítulos

Através de doações, parceriais e voluntariado, o Exército de Salvação busca atingir a finalidade de seu projeto, dividido em duas grandes frentes.

A primeira, e principal, inclui abrir novamente os portões para crianças e jovens com capacidade reduzida e conferir a esses, treinamentos profissionais e especializações diversas e oferecer em uma situação ampla, um espaço propício para o desenvolvimento familiar, desenvolvimento de aspirações e estímulo à quebra de barreiras sociais, profissionais e pessoais.

Abram os portões!

Os planos para o lugar se estendem ainda ao oferecimento de exposição única ao público geral, com fatos históricos sobre o lugar, sobre a canção e detalhes da vida de John Lennon em sua infância. A exposição que pretende ser permanente também abrirá as portas para a visitação dos campos e jardins, perfeitos para exploração da natureza e como destino de momentos calmos, assim como fazia John Lennon em seus primeiros anos de vida.

A visão do Exército de Salvação

Strawberry Field representa um verdadeiro patrimônio histórico à sociedade e a todos de modo geral, não somente aos moradores de Liverpool como também a todo o restante do mundo. Pretende-se tornar o lugar novamente uma fonte de inspiração para jovens desassistidos e uma oferta de tranquilidade para famílias e sociedade, além, claro, de oferecer a devida homenagem à John Lennon.

Clique aqui para conhecer a página oficial

Programa de Capacitação

 

 

 

 

Atividades realizadas no local