Centro Integrado de Pelotas inaugura pomar em ação contra a fome

O Projeto é é uma das metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável e combate à fome no Brasil.

O Centro Integrado de Pelotas (RS) atende famílias de crianças e adolescentes matriculadas no projeto. Durante a pandemia, os atendimentos continuam a distância, assim como auxílio em doações de alimentos, ajuda essencial em tempos de fome e instabilidade econômica.

Além da ajuda de parceiros com doações em gênero, o Exército de Salvação em Pelotas também cultiva uma horta em seu terreno que são cuidados por funcionários e voluntários. Os alimentos colhidos também são distribuídos para as famílias.

Na última semana uma novidade: a inauguração de um pomar. Foram plantadas diversas mudas de árvores frutíferas no terreno da Instituição, novamente com o apoio de doadores e mães das crianças atendidas.

Felizes de compartilhar com nossos amigos a inauguração do nosso pomar. Futuramente poderemos colher limão, laranja, bergamota, pera, maçã, acerola, goiaba e abacate. Agradecemos às doações e ajuda de mães e funcionários para a realização do pomar, que é uma das nossas metas do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 2 – Fome Zero e Agricultura Sustentável.

Administradores do Centro Integrado em publicação nas redes sociais.

O Exército de Salvação continua lutando contra a fome em todo o Brasil. Acesse a página da campanha para conferir endereços e mais informações: https://www.lutamoscontraafome.org.br/

Doações e Sustentabilidade


Em tempos de mudanças climáticas, excesso de lixo e aquecimento global, sustentabilidade é a palavra chave que tem regido a atuação das empresas em todo o mundo.
Muitos tem tentado encontrar formas de prejudicar o menos possível o meio ambiente, e colocar em prática formas preservação e recuperação da natureza.
O trabalho desenvolvido pelo programa de retirada de doações do Exército de Salvação é um verdadeiro aliado do meio ambiente. Veja abaixo o porquê:
– Pessoas que têm objetos sem uso em casa, podem doar esses objetos ao invés de jogá-los no lixo.
Ganho: Menos objetos descartados.
– Objetos que seriam descartados são revendidos nos bazares beneficentes, favorecendo a cultura do reuso.
Ganho: Cultura do reuso, e aproveitamento de objetos usados.
– Objetos novos deixam de ser necessários, e matéria prima é economizada.
Ganho: Menos recursos naturais utilizados.
– Pessoas atendidas pelo Exército de Salvação são beneficiadas pelo resultado dos bazares beneficentes.
Ganho: Social, com o auxílio, capacitação e reintegração de pessoas.
Por esse motivo, quando uma pessoa doa roupas, móveis, eletrodomésticos ao Exército de Salvação o ganho não é apenas social, mas também ecológico.
Para doar, ligue agora para 4003-2299, ou acesse www.exercitodoacoes.org.br