COVID-19: Resposta Internacional do Exército de Salvação (parte II)

Em continuação ao conteúdo da última postagem, (você pode encontrar a parte I aqui) veja a nossa galeria internacional de acontecimentos onde muitos voluntários, oficiais e representantes do Exército de Salvação estão empenhados em mobilizar e ajudar pessoas em diversas regiões do mundo.

Confira as fotos:

Mali

Foram fornecidos grandes depósitos de água para higienização das mãos em comunidades locais onde não há saneamento básico e água encanada. Também foram distribuídos alimentos e itens necessários para famílias.

Paquistão

Na Ásia meridional, o Exército de Salvação tem um forte trabalho com mulheres em vulnerabilidade social. A distribuição de alimentos e itens estão sendo feitas para famílias da região.

Havaí

No Havaí foi montado uma espécide de Drive Thru do bem, onde os carros faziam um “pit stop” para receber as doações em um estacionamento.

Londres

A princesa Eugenie, da família real, e seu esposo Jack Brooksbank se voluntariaram para ajudar o Exército de Salvação. Eles separaram itens que seriam distribuídos mais tarde para famílias da região.

Argentina

Nossos “hermanos” também estão apoiando a sua nação. Distribuições são feitas regularmente nas ruas e para famílias carentes.

Ruanda

Na África, assistência a centenas de famílias são feitas diariamente. Voluntários estão se mobilizando para separar e distribuir doações para pessoas necessitadas.

Filipinas

O Exército de Salvação está oferecendo apoio para pessoas presas nos aeroportos. Companhias aéreas cancelaram voos, passageiros estão sem ter para onde ir ou o que comer.

fonte: https://www.flickr.com/photos/salvationarmyihq/

Ajude o Exército de Salvação nas Filipinas

4b11c281-ec40-4c51-854e-268e4808e61f_300-TaclobanDamaris

O Exército de Salvação no Brasil está arrecadando doações em dinheiro para enviar para o trabalho de emergência do Exército de Salvação nas Filipinas.

Todas as doações serão enviadas no dia 15 de Dezembro de 2013, para o The Salvation Army Internacional, que repassará para o serviço de emergência nas Filipinas.

Dados Bancários

Exército de Salvação
Banco Itaú 
Agência 1000
Conta Corrente 62233-0 


Doadores fora do Brasil podem doar através do site: http://www.salvationarmy.org/ihq/haiyan

Acompanhe notícias sobre o trabalho do Exército de Salvação nas Filipinas:
http://www.salvationarmy.org/ihq/haiyan

Exército de Salvação preparado para ajudar nas Filipinas

filipinas-tufao

As equipes do Exército de Salvação nas Filipinas estão se preparando para prover assistência a milhares de pessoas afetadas pelo Tufão Haiyan (também conhecido como Tufão Yolanda).

Mais de 10.000 pessoas podem ter perdido suas vidas no desastre, e centenas de milhares estão desabrigadas, sem acesso à água e energia.

As áreas mais afetadas estão isoladas, e muitas comunidades estão incomunicáveis com o restante do pais, o que torna ainda mais difícil se ter uma ideia clara de exatamente onde a necessidade é maior.

O Tenente-Coronel Bob Lee (Secretário em Chefe do Exército de Salvação nas Filipinas) diz que levará mais de uma semana para determinar a extensão completa do desastre. “O governo e as agências não-governamentais estão lutando para que as rodovias sejam acessíveis novamente,  para que os suprimentos de resgate possam alcançar as sobreviventes e que os cuidados médicos cheguem aos feridos e doentes. Há também a possibilidade de um aumento no número de doenças.”, diz o coronel.

O Chefe Territorial do Exército de Salvação nas Filipinas, Wayne Maxwell, diz: “Nós estamos pedindo uma ajuda de U$100.000 em suprimentos para apoiar as pessoas de Tacloban … A realidade para nós é que a necessidade é muito grande, e nós queremos dar uma resposta significativa (…). A tarefa é imensa, e nossos recursos extremamente limitados.  Encorajamos todo o apoio em oração para todos aqueles que foram devastados por essa calamidade.”

Doações para apoiar o trabalho do Exército de Salvação nas Filipinas podem ser feitas pelo site secure.salvationarmy.org .

Fonte: http://www.salvationarmy.org/ihq/news/inr111113b
Tradução e adaptação: Tiago Mendes