Presidente da França participa de reabertura de centro do Exército de Salvação em Paris

O presidente da França, François Hollande, reabriu oficialmente o centro “La Cité de Refuge” reformado em Paris. 

La Cité de Refuge (Cidade do Refúgio) é um dos dois poucos edifícios em Paris projetado pelo famoso arquiteto Le Corbusier, conhecido como o pai da arquitetura moderna, e seu espaço desenvolvido com o propósito de abrigar pessoas que vivem em bairros degradados e em situação de risco.

A missão do Exército de Salvação com o abrigo não é somente oferecer uma cama e alimento para os necessitados, mas também ajudar na reintegração deles na sociedade, ao oferecer oportunidades de educação, recolocação profissional, cursos de formação, entre outros.

O novo edifício é praticamente auto suficiente, tendo sua própria cozinha, sala de jantar, terraço/jardim, salas de aula, oficinas, lavanderia, biblioteca e academia.

Em seu discurso de inauguração, juntamente com o presidente do Exército de Salvação na França Daniel Naud, o presidente Hollande lembrou de William Booth, fundador do Exército de Salvação, e seu apelo à ação social, falando da necessidade de de lutar por uma nação unida, generosa, e que trabalha para proteger a dignidade humana.

Exercito_Paris-1

Entrada no novo centro

 

 

 

 

 

 

 

 

4

Entrada do “Cité de Refuge”

3

Sessão de perguntas e respostas

Exercito_Paris2

Presidente François Hollande e Coronel Daniel Naud

“A Exclusão Mata” – Conscientização na França

No dia 24 de Novembro de 2010 uma “cena do crime” chamou a atenção do público que circulava na praça do Palais Royal, no coração cultural de Paris. A ação promovida pelo Exército de Salvação francês e a agência de publicidade  “Optimus” chamava a atenção do público para o fato de que a exclusão social, em todas as suas faces, mata.

A “cena do crime” no Palais Royal, em Paris

Pobreza, falta de acesso à habitação, isolamento familiar, falta de acesso aos direitos, entre outros, são exemplos de formas de exclusão que levam milhões de pessoas a sofrerem, não só na França mas em todo o mundo.

Na França, com a crise financeira iniciada em 2008, a preocupação com a exclusão social é ainda maior, e entidades como o Exército de Salvação alertam para o fato das dificuldades sociais serem cada vez maiores naquele país.

Por isso, ações como essa promovida pelo Exército de Salvação francês visam conseguir mais apoiadores e doadores, e amenizar os malefícios da crise financeira que afeta o país.

“A exclusão mata. Sua doação salva.”

O Exército de Salvação (Armée du Salut) está presente na França desde 1881, e tem mais de 50 unidades de atendimento social ao redor do país.

Mais informações em http://www.armeedusalut.fr/campagnes/lexclusion-tue.html .