Centro Integrado João de Paula atende imigrantes e refugiados com apoio de parceiros

O Centro Integrado João de Paula, unidade de atendimento social do Exército de Salvação em Joinville (SC), presta auxílio e oferece cursos regularmente a pessoas imigrantes e refugiadas. Com a pandemia, algumas atividades foram temporariamente pausadas, mas a Instituição continua ajudando as famílias distribuindo doações de itens básicos como alimentos, itens de higiene, limpeza e roupas.

Além da pandemia, que manteve a maior parte da população reclusa, recentemente na região Sul também houve um forte impacto do Ciclone Bomba. A cidade de Garuva foi uma das regiões mais afetadas, e o Exército de Salvação esteve apoiando as famílias atingidas com doações.

“Fomos até lá levar alguns itens de alimentação e limpeza e também algumas roupas e cobertores para famílias haitianas.”

Capitã Paula Mendes – Diretora de filial no Centro Integrado João de Paula

Diversos doadores têm ajudado a manter as distribuições e, graças a este apoio o CI João de Paula pode continuar auxiliando as famílias atendidas na região durante esses tempos difíceis e de necessidade.

Campanha de arrecadação de roupas

A Triton, é uma das empresas que têm ajudado com doações. As lojas de revenda da marca em diversas regiões do Brasil realizaram uma arrecadação de roupas usadas com os clientes e uma forte campanha nas redes sociais. Esta semana o CI recebeu a primeira parte das doações arrecadadas nesta Campanha.

O Bar koala e a floricultura Agroflora também são empresas que têm contribuído com doações, promovendo arrecadação de alimentos que estão sendo distribuídos na unidade social.

Além das ações de distribuição, o Centro Integrado têm produzido conteúdo online e o Bazar Beneficente também está disponibilizando atendimento de venda pelo Instagram. Acesse @bazarjoaodepaula para conferir os itens disponíveis.

Para doar localmente ligue (47) 3453-0588 ou (47) 9685-7302. O endereço do Centro Integrado é Rua XV de Novembro, 3165 – Glória – Joinville – SC.

Exército de Salvação atua em países africanos atingidos pelo ciclone IDAI

Com ventos de 200 km/h o ciclone Idai atingiu os países de Moçambique, Malaui e Zimbábue causando grande destruição. Só em Moçambique são registrados mais de 1,7 milhão de pessoas atingidas e quase 1.000 mortes. O Exército de Salvação, está trabalhando em cada um desses países dando assistência às vítimas do desastre.

  • Em Moçambique, o Exército de Salvação, trabalhando em parceria com a Cruz Vermelha e outras organizações, está fornecendo pacotes de alimentos, incluindo milho, arroz, óleo de cozinha e feijão, para 500 das famílias mais severamente afetadas. Isto garantirá que duas refeições nutritivas por dia sejam fornecidas por pelo menos 21 dias, protegendo contra a desnutrição e garantindo que as crianças possam frequentar a escola.
  • No Zimbábue, onde foi declarado estado de emergência, o Exército de Salvação está trabalhando com o governo e outras organizações para prestar assistência em áreas atingidas no sul e no leste. O objetivo inicial é fornecer abrigo, suprimentos de alimentos e outros itens essenciais, a pelo menos 167 vítimas.
  • No Malaui, as equipes do Exército de Salvação iniciaram o trabalhando avaliando as principais necessidades. Quase um milhão de pessoas foram afetadas de acordo com estimativas do governo, com 56 mortes e 577 feridos registrados. Acredita-se que mais de 82.700 pessoas estejam desabrigadas.


“Considerando as dificuldades enfrentadas, estamos gratos que nossas equipes estão presentes, respondendo efetivamente para trazer alívio àqueles que sofrem como resultado deste desastre.”

Major Chris Mulryne – Equipe de Serviço de Emergência – Base Internacional do Exército de Salvação. Londres – Inglaterra

Para contribuir acesse o link do site internacional:
https://secure20.salvationarmy.org/donation.jsp

Fontes:
https://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2019-03-19/ciclone-idai-mil-mortos.html
https://www.salvationarmy.org/ihq/news/inr200319