ONU designa o Exército de Salvação para assistir 20.000 haitianos

O Exército de Salvação está cuidando de 20.000 que residem provisoriamente em barracas construídas num campo de futebol (Foto: Jeremy Watt)
O Exército de Salvação está cuidando de 20.000 que residem provisoriamente em barracas construídas num campo de futebol (Foto: Jeremy Watt)

A Organização das Nações Unidas designou o Exército da Salvação como a instituição principal responsável pelo atendimento a 20.000 pessoas desabrigadas pelo tremor de terra no Haiti. Os sobreviventes construíram barracas em um estádio de futebol e em uma praça ao lado da unidade principal do Exército de Salvação em Port-au-Prince.
Com isso, o Exército da Salvação assume a responsabilidade de abrigar as pessoas em unidades de habitação familiar dentro das normas da ONU e também está fornecendo água potável, remédios, suprimentos básicos de saúde, higiene e saneamento. Em cooperação com as Nações Unidas para o Programa Mundial de Alimentos, a organização também vai distribuir, de forma segura, alimento para aqueles dentro do seu cuidado.
O Exército de Salvação continua a prestar socorro e dar suprimentos a milhares de haitianos. Mais do que 350.000 refeições, 18.000 litros de água, centenas de barracas, artigos de bebê e suprimentos médicos foram entregues. Além disso, mais de 1.200 pessoas receberam assistência médica e a organização tem re-inaugurado uma escola para crianças de 3 a 6, em um local provisório no complexo principal.
“As dependências do Exército da Salvação viraram lares para milhares de famílias”, disse Brian Burditt, diretor de Missão Mundial. “Será a nossa responsabilidade cuidar dessas famílias e fazer o máximo para apoiá-las como alívio e continua como a reconstrução começa”.
O Exército de Salvação atua no Haiti desde 1950 e seus membros, que foram afetados pelo terremoto, estão agora trabalhando para ajudar os necessitados. A instituição opera três centros médicos, escolas que servem pelo menos 10.000 crianças, programas de alimentação, lares para crianças e atividades relacionadas com a igreja no país.

Exército de Salvação no Haiti

O Exército de Salvação Responde ao Terremoto no Haiti


O Exército de Salvação respondeu de imediato ao terremoto que causou muitos estragos nos edifícios e um número significante de perda de vidas em Porto Príncipe, capital do Haiti.
A comunicação está difícil, sem linhas telefônicas, mas as notícias recebidas do Território do Exército de Salvação do Caribe indicam que existem muitíssimos danos nas propriedades do Exército de Salvação na cidade. A sede nacional, a casa dos oficiais e o lar de crianças sofreram bastantes estragos. A casa do Coordenador de Emergência Bob Poff foi totalmente destruída, mas ele e a sua esposa, Vivienne, estão a salvo.
Após o terremoto foi preocupante o fato de não se encontrar um grande número de crianças do lar do Exército de Salvação. Inicialmente não era claro se as mesmas estariam no lar quando se deu o acidente ou se ainda não tinham regressado da escola. Os últimos relatos informam que uma das 52 crianças continua desaparecida.
O Quartel Internacional do Exército de Salvação, em Londres, garantiu ajuda ao Território do Haiti. A Organização Mundial de Serviços do Exército de Salvação (SAWSO) sediada nos Estados Unidos da América enviou o Major George Polarek para o Haiti no dia 14 de Janeiro para coordenar a logística necessária para transportar comida por via aérea para o Haiti. Pelo menos 285.000 refeições estão prontas para serem enviadas e a SAWSO está trabalhando através de vários canais e de altos contatos do Governo americano.
Quatro territórios do Exército de Salvação já ofereceram ajuda financeira, mas é apenas o início. Outras ofertas de apoio serão gratamente recebidas.
Os Serviços de Emergência Internacional do Quartel Internacional estão aguardando, prontos para agirem assim que existir uma imagem clara do nível de apoio que será necessário.
Ainda em Novembro de 2009, o General Shaw Clifton e a Comissária Helen Clifton, líderes internacionais do Exército de Salvação, estiveram no Haiti, visitando alguns dos locais que agora foram severamente danificados pelo terremoto. O General apela ao Exército de Salvação a nível mundial para que ore pelas pessoas do Haiti cujas vidas foram tragicamente afetadas pelo desastre, e pelas muitas pessoas que procuram ajudar e apoiar.

Quem quiser enviar donativos para ajudar as vítimas desta catástrofe, pode fazê-lo diretamente em: http://www.salvationarmy.org/ ou então contatando-nos na nossa Sede Nacional, pelo telefone: 11 5591-7074 ou 11 5591-7076.Depósitos Bancários na conta: Banco Itaú – Agência 1000 conta corrente 62233-0. Pedimos que indiquem no depósito que é para as vítimas do terremoto no Haiti.

Texto original: www.salvationarmyusa.org