Exército de Salvação mobiliza-se na Zona Leste de São Paulo

Em meio a pandemia as atividades de atendimento social estão majoritariamente suspensas para contribuir com o combate a COVID-19. Mesmo assim, pessoas continuam vulneráveis e sujeitas às consequências da paralisação geral. As igrejas do Exército de Salvação e o Lar das Flores, na Zona Leste de São Paulo, estão agindo em prol destas pessoas.

Os Corpos de São Miguel Paulista, Guaianazes, Itaquaquecetuba e o Lar das Flores de Suzano estão arrecadando alimentos a serem distribuídos para famílias necessitadas neste período de reclusão social. Voluntários ajudam na arrecadação pedindo doação de alimentos não perecíveis aos moradores do bairro, ou solicitando doações para potenciais parceiros da região que possam contribuir.

Além da arrecadação de alimentos, estão sendo confeccionadas máscaras de proteção feitas a mão por oficiais e voluntários. Leia mais aqui. Em Itaquaquecetuba e Suzano já foram feitas diversas delas com material doado. As unidades carecem de elásticos para costurar outras máscaras caseiras.

Confira as fotos:

Centro Integrado de Pelotas doa alimentos para famílias na quarentena

Por determinação do Estado do Rio Grande do Sul e da prefeitura de Pelotas, os atendimentos presenciais estão temporariamente suspensos, mas para funcionário e voluntários do Exército de Salvação este não é um momento de baixar a guarda, mas sim de dar o melhor de si, com toda a precaução necessária.

A Instituição distribuiu este mês mais de meia tonelada de alimentos para 44 famílias. Além disso, 300 quilos de frutas e verduras que também foram doados por parceiros como o Atacado Treichel, Josapar, Shopping Pelotas, Sesc, entre outras empresas locais.

“Ao longo das próximas semanas queremos continuar realizando ações como essa, já que, por conta do isolamento social nossas crianças e adolescentes estão impossibilitadas de tomarem as refeições nas escolas e em nossa Instituição. Por isso precisamos de mais doações de alimentos.” – Nota oficial da Instituição nas redes sociais.

O Exército de Salvação está presente na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, há 80 anos prestando atendimento para crianças e famílias carentes. Atualmente 40 crianças participam de atividades no “contraturno” escolar, com foco na educação, cultura, no autodesenvolvimento e fortalecimento de vínculos. Funcionários e voluntários contribuem diariamente em prol desta causa, oferecendo assistência de forma totalmente gratuita.

Para fazer uma doação de alimentos na região de Pelotas (RS), ligue (53) 3273-6909.

fonte: https://www.facebook.com/centrointegradodepelotas/

Exército de Salvação distribuirá 20.000 refeições para moradores de rua

Com uma estimativa de 20 mil refeições a serem entregues durante o período da pandemia, Oficiais e Voluntários do Exército de Salvação estão se mobilizando para agir em prol de pessoas em situação de rua. A Ação Solidária iniciou-se nesta segunda-feira (20) e não tem previsão de encerramento.

A partir de doações generosas, a sede do Exército de Salvação pôde dar iniciativa no atendimento a pessoas carentes da região da Zona Sul de São Paulo, entretanto a ação tende a expandir-se a fim de atender muito mais pessoas necessitadas nas demais regiões, por isso, a busca por parceiros e doadores que possam colaborar com este trabalho continuam assiduamente.

Dezenas de marmitas com refeições quentes já foram entregues esta semana. ” Dentre as necessidades mais acentuadas em que pessoas em situação de rua se encontram está a água potável, é o que pedimos aos doadores, além de materiais descartáveis para as quentinhas”. Diz o Major Dirceu Lemos, responsável pelas ações de Emergência do Exército de Salvação no Brasil.

Além da Sede Nacional, diversas outras unidades em diferentes Estados do Brasil e no mundo continuam realizando ações de arrecadação, distribuição e atendimento com as devidas prevenções do vírus.

Acesse o site para saber mais: https://www.exercitodesalvacao.org.br/

COVID-19 – Voluntários do Exército de Salvação produzem máscaras para distribuição

Voluntários do Exército de Salvação em diversas cidades mobilizaram-se nos últimos dias para confeccionar e distribuir máscaras caseiras de pano lavável.

Entre os voluntários está Etu Murakami Kubi, de 94 anos, que alegra-se de já ter produzido mais de 100 máscaras, ajudando diversas pessoas em sua vizinhança a prevenir a contaminação coletiva pela COVID-19.

Neste mês de Abril já foram confeccionadas mais de 200 máscaras e parte já está sendo usada pelos funcionários responsáveis pela retirada de doações em São Paulo, e parte distribuída para moradores de rua e outras pessoas em situação de vulnerabilidade atendidas pelos projetos do Exército de Salvação.

O Exército de Salvação está incentivando as unidades assistenciais a convidar pessoas que saibam realizar esse trabalho para colaborar, a fim de aumentar o número de máscaras caseiras produzidas.

O uso de máscaras caseiras tem sido incentivado pelo Ministério da Saúde com o objetivo de minimizar a transmissão coletiva da COVID-19.

Conheça outras ações que o Exército de Salvação tem desenvolvido, e ajude você também.

Acesse www.exercitodesalvacao.org.br ou www.exercitodoacoes.org.br e faça sua doação.

COVID-19: Exército de Salvação Brasil lança campanha de arrecadação para continuar os trabalhos

O Exército de Salvação Brasil lançou nessa última quarta-feira 25/03 uma campanha de arrecadação para continuar realizando seu trabalho que consiste em retirada de doações, Bazares Beneficentes, ações emergenciais e trabalhos sociais no Brasil inteiro.

Com o novo COVID-19, algumas atividades do Exército de Salvação tiveram que ser algumas parcialmente e outras totalmente paralisadas por questões de segurança dos funcionários e da população e com isso, os fundos que antes eram arrecadados através dessas atividades cessaram, assim diminuindo cada dia mais a chance de manter o funcionamento de todos os projetos.

Contudo, o Exército de Salvação Brasil não perdeu as esperanças de continuar a cumprir sua missão e pede encarecidamente a contribuição de doadores, clientes e apoiadores da causa.

Para doar, acesse nosso site.